Navegando a categoria

Frutas

Frutas

Quanto Tempo Leva Para Produzir Tâmara? – Quantos anos demora para dar frutos

As tamareiras (Phoenix dactylifera) são conhecidas pelas frutas marrom e açucaradas que produzem e que se formam em cachos distintos de 1,20 metros de comprimento abaixo de sua copa de folhas verde-azuladas. Uma tamareira madura e bem estabelecida produzirá em média 45 a 90 quilogramas de frutas por ano. No entanto, o rendimento pode variar muito dependendo da idade da árvore, das condições de crescimento, do clima local e da exposição a árvores macho polinizadoras. Neste artigo vamos dizer-lhe quanto tempo leva para produzir tâmara, ou seja, quanto tempo a tamareira demora para produzir.

Maturidade e quanto tempo leva para produzir tâmara

As tamareiras produzem as primeiras safras quando atingem entre os 5 e 8 anos. Estas primeiras safras possuem um peso que, em condições normais, varia entre os 8 quilogramas e os 10 quilogramas, que pode chegar a valores entre os 60 e os 80 quilogramas quando a árvore atinge os 13 anos. O pico da produção ocorre quando as tamareiras estão entre os 30 e 35 anos, altura em que a produção pode chegar aos 90 quilogramas de fruta em cada ano. A produtividade decresce após os 60 anos e grande parte das tamareiras chegam ao fim da sua vida reprodutiva aos 80 anos, altura em que a produção de fruta decresce significativamente ou deixa de existir totalmente.

Impacto do clima no crescimento e produção

quanto tempo leva para produzir tâmara

As tamareiras podem crescer até aos 35 metros.

O frio tem um impacto negativo no vigor e longevidade das tamareiras, portanto, elas só vão prosperar e produzir frutos com as condições ideais. As tamareiras requerem uma temperatura superior a -6 °C para sobreviverem. A polinização acontece aos 35 °C e a fruta precisa de um ambiente seco com temperaturas quentes e noites também quentes.

Áreas frias e úmidas não são propícias à produção destas frutas, mas elas terão um bom desempenho em áreas interiores mais quentes, com clima mediterrâneo e alguma influência costeira leve.

Esta palmeira cresce larga, até 35 metros e podem viver até 100 anos. A árvore precisa de espaço para crescer e espalhar as suas raízes que ancoram a planta e a ajudam a coletar água. Tome cuidado ao plantar as tamareiras e escolha uma localização com muito espaço, tanto na vertical no horizontalmente.

Condições de crescimento

Agora que já sabe quanto tempo leva para produzir tâmara, é importante informá-lo das condições que esta palmeiras precisa para crescer. Exposição solar total e solos porosos com drenagem rápida são vitais para a produção de tâmaras por parte das tamareiras, apesar de elas se adaptarem bem a outros tipos de solos.

Apesar de ser uma árvore do deserto, as tamareiras gostam muito de água e requerem uma rega regular durante os meses de verão para produzir as frutas. A rega deve ser feita quando o solo está completamente seco, para evitar infeções nas raízes, particularmente em regiões costeiras mais frias onde o solo demora a aquecer.

A alimentação não é obrigatória, mas irá encorajar a produção de frutas melhores quando o solo não é o melhor. Aplique adubo completo com uma relação N-P-K (nitrogênio-fósforo-potássio) de 20-20-20 a uma taxa de 2o quilogramas por árvore a cada ano.

Dicas de polonização

Tamareiras femininas requerem um polinizador masculino para facilitar a produção de frutas. Uma proporção de uma árvore macho para cada 50 árvores fêmeas deve ser mantida em plantações maiores, mas uma proporção de um-para-um simples pode ser usada se está a pensar em plantar a árvore em seu jardim ou quintal. Árvores femininas e masculinas podem ser identificadas pelas suas flores. Ambas são de cor clara, mas as flores femininas têm um tom esbranquiçado, enquanto as flores masculinas são mais coloridas. Além disso, os grupos de flores femininas variam de 30 a 75 centímetros de comprimento, enquanto os grupos de flores masculinas raramente excede os 25 centímetros de comprimento.

Esperamos ter respondidos a algumas questões sobre a produção de tâmaras, incluindo quanto tempo leva para produzir tâmara. Se ainda tiver dúvidas pode sempre comentar na caixa de comentários embaixo.

Frutas

Quanto Tempo Demora Para o Pé de Limão Dar Frutos?

Os limoeiros são plantas belas que podem ser facilmente plantadas através da semente ou de um pé de limão. Você já deve ter feito esse procedimento e agora está-se perguntando quanto tempo demora para o pé de limão dar frutos. Os estágios de mudas a árvores frutíferas podem levar alguns anos, mas uma vez que sua árvore começar a dar frutos, você acabará com limões suficientes para satisfazer suas necessidades culinárias e ter sobra suficiente para compartilhar com amigos e vizinhos.

Os limoeiros dão frutos que podem ser usados no chá de gengibre com limão e mel, para tirar o bolor de roupa branca ou para acabar com o mau cheiro nas axilas.

Descrição básica do limoeiro

quanto tempo demora para o pé de limão dar frutos

O limão pode chegar aos 6 metros de altura.

Quando lhe são dadas as condições apropriadas para crescer e o cuidado ideal, o limoeiro cresce de forma robusta e pode chegar até a uma altura de 6 metros bem rápido, dependendo do tipo de árvore. A árvore amadurece em um dossel aberto e redondo coberto com folhas verdes que possuem uma coloração avermelhada quando jovens e que assumem a sua cor verde-escura à medida que envelhecem.

Você pode sentir o cheiro da doce fragrância das flores da sua árvore de limão antes mesmo de perceber que ela está florescendo. Na verdade, uma árvore florida é suficiente para preencher toda a paisagem com um buquê de perfume. Carregadas como flores únicas ou pequenos grupos de pequenas flores brancas com quatro a cinco pétalas e partes inferiores arroxeadas, as flores de limão florescem desde o início do inverno até o início da primavera e novamente no início do verão até o final do outono.

Os limoeiros são auto-polonizadores, então você não necessita de uma árvore adicional para produzir fruta. Não se preocupe se reparar que sua árvore está carregada com flores que não produzem frutas e que caem dos galhos. É normal que algumas das flores sejam estéreis e caiam da árvore. O número de flores produzidas também várias de estação para estação, o que afeta o número de limões produzidos.

Frutas e desenvolvimento do limão

De todos os tipos de cítricos, os limões são dos mais ácidos, tendo um dos pH mais baixos. Estas frutas amarelas e ácidas possuem uma estrutura que os fixas ao final da flor e a sua forma básica é afetada pelas temperaturas no exterior, com aquelas a serem produzidas durante o verão ao outono a terem uma forma mais redonda e as produzidas durante o inverno até à primavera com uma aparência mais oval.

Dependendo do cultivar, a cor da fruta varia de um amarelo brilhante a pálido, com uma textura exterior suave ou áspera. A polpa interior é suculenta, aromática e geralmente dividida em 8 a 10 segmentos que podem ou não conter sementes, embora a grande maioria dos tipos contenha pelo menos um pequeno número delas.

O tempo entre a floração e a colheita depende de uma série de fatores, incluindo as condições culturais da árvore de limão, a temperatura externa, o número de limões produzidos e a cultivar usada, mas geralmente leva de quatro meses a um ano. Os limoeiros cultivados nas regiões mais quentes produzem frutos maiores, mais ácidos e suculentos do que aqueles produzidos por árvores cultivadas em locais mais frios.

Quantidade de limões produzidos e quanto tempo demora para o pé de limão dar frutos

Agora iremos responder à sua pergunta sobre quanto tempo demora para o pé de limão dar frutos. Os limoeiros geralmente produzem sua primeira safra de aproximadamente 17 quilos de frutas por volta dos 3 anos. A quantidade de fruta produzida aumenta rapidamente com a idade, com as árvores de 4 a 5 anos são capazes de produzir uma safra de mais de 45 quilos anuais. Uma vez que a árvore atinge a maturidade por volta dos 5 anos, a quantidade colhida pode chegar facilmente a 90 quilos de limões a cada ano durante as principais estações de colheita do verão até ao inverno.

Colheita e conservação dos limões

Colher seus limões é tão fácil quanto agarrar um limão e dar-lhe um ligeiro puxão e torcer para liberá-lo do ramo para suas mãos. Nem todos os limões produzidos ficam maduros ao mesmo tempo, portanto, certifique-se de colher apenas os que estão maduros e cujas cascas são inteiramente amarelas ou têm um ligeiro tom esverdeado, quase imperceptível. Os limões ligeiramente verdes acabarão de amadurecer e mudarão para a sua cor amarela característica se forem armazenados à temperatura ambiente. Quando estiverem completamente maduros, a parte externa torna-se um pouco mais lisa e a polpa interna desenvolve mais suco. Você pode então espremer o suco dos limões e armazená-los no refrigerador para uso posterior ou armazenar os limões numa saca no refrigerador por várias semanas.

E é desta forma que terminamos nossa matéria sobre quanto tempo demora para o pé de limão dar frutos. Se tiver alguma questão, pode digitá-la nos comentários.

 

Frutas

Quanto Tempo Leva Para um Pé de Abacate Dar Frutos?

O abacate é um fruto que provém do abacateiro e que é conhecido pelos altos valores nutricionais que tem. Investigadores acham que o abacate teve origem a sul do México e que o seu cultivo começou bem antes da colonização da América do Norte. Estas árvores dão-se bem em climas quentes e são facilmente danificadas pelas geadas e pelo frio. Neste artigo vamos explicar-lhe quanto tempo leva para um pé de abacate dar frutos, visto que os valores variam consoante a forma como o abacateiro foi plantado, o clima e consoante outros fatores.

Pode também ler nossa matéria sobre como plantar abacate e ainda descobrir se grávida pode comer abacate.

Crescendo o abacate a partir do caroço

Antes de lhe dizermos quanto tempo leva para um pé de abacate dar frutos, é importante que você fique a par das várias técnicas usadas para plantar o abacate e de que forma isso pode influenciar os frutos que ele pode ou não dar. Os métodos mais comuns para crescer um abacate a partir do caroço são suspendendo-o em água com palitos ou plantá-lo no solo em um vaso. A parte mais larga do caroço é o lugar de onde as raízes emergem. Antes de plantar o caroço, deixe-o submerso em água durante a noite.

Para crescer um abacateiro a partir do caroço em água, empurre 2 palitos contra o centro de forma a fazer um X. Encha um copo com água e coloque o caroço suspenso pelos palitos no cimo do topo. A água deve cobrir cerca de 1,5 centímetros da base do caroço. Vá enchendo com mais água para voltar à mesma altura quando esta começar a evaporar, mas não a mude completamente. Se a água mudar de cor, o caroço começou a apodrecer e deve ser deitado fora.

Para crescer o caroço no solo, encha um vaso de barro com solo arenoso. Certifique-se que o vaso tem buracos de drenagem no fundo, para que a água possa ser escoada. Coloque o caroço a uma profundidade de cerca de 1,5 centímetros. Regue o solo até à água escoar pelo buraco de drenagem e regue-a novamente quando sentir que o solo está seco.

Crescendo abacates a partir de mudas

Mudas de abacate crescem melhor com luz indireta e brilhante, em temperaturas não inferiores a 15 °C. As raízes emergem da base do caroço primeiro, seguidas por um ou mais brotos do topo. O caroço se abre quando os brotos surgem, mas essa alteração é bem normal. A luz interna raramente é adequada para mudas de abacate, e as brotações crescem longas e finas. Para incentivar a muda a se transformar em uma planta espessa, pode a rebento principal para 8 centímetros quando ela já tiver 15 centímetros de altura. Limpe as lâminas das tesouras de podar com álcool antes e depois de podar as mudas.

Se o caroço estiver crescendo em água, transfira-a para um vaso com solo arenoso não mais do que três semanas depois de podá-la. Retire os palitos ou parta-os e coloque a muda no solo de modo que ela fique enterrada a um terço de sua profundidade, tomando cuidado para não danificar as raízes que já se formaram.

Condições para o pé de abacate dar frutos e dicas

Os abacateiros requerem condições específicas de cultivo para produzirem frutas grandes e saborosas. As árvores crescem melhor em solos arenosos e franco-arenosos e, embora sobrevivam crescendo à sombra, elas só dão frutos quando crescem em locais ensolarados. A má drenagem e a rega excessiva são prejudiciais às árvores. Para evitar o excesso de água, regue os abacates quando reparar que o solo está ficando demasiado seco. Temperaturas prolongadas acima dos 35 °C ou abaixo dos 15 °C também causam baixa frutificação e queda de frutos antes de estes estarem preparados para a colheita. Ventos fortes fazem com que os frutos e a folhagem caiam também.

A fertilização dos abacateiros pode encorajar a produção de frutos. Árvores jovens requerem fertilização 6 vezes por ano, cerca de uma vez a cada 2 meses e árvores com 4 anos ou mais devem ser fertilizadas 4 vezes por ano, a cada 3 meses.

Abacateiros com até 4 ou 5 anos também se beneficiam de sprays nutricionais que contêm zinco, boro, manganês e molibdênio. Pulverize as árvores jovens 6 vezes por ano. Para árvores mais antigas, sprays contendo zinco e manganês são benéficos. Pulverize árvores mais velhas 4 vezes por ano. Aplique estes sprays nutricionais em intervalos regulares entre a primavera e o final do verão.

Mas afinal, quanto tempo leva para um pé de abacate dar frutos?

quanto tempo leva para um pé de abacate dar frutos

As mudas de abacateiro dão frutos mais rápido que as sementes.

O abacateiro precisa de chegar a uma certa idade para poder dar frutos. Mudas e sementes vendidas comercialmente são enxertadas a partir de variedades maduras de abacate e produzem frutas mais rapidamente e de forma mais confiável que árvores crescidas a partir dos caroços. Se cresceu sua árvore a partir de um caroço e para lhe dizer quanto tempo leva para um pé de abacate dar frutos, ela não deverá dar frutos até ter pelo menos 10 anos e você pode até ter de esperar até que ela tenha 15 anos, caso as condições não sejam ideais.

Por outro lado, se plantou a árvore a partir de uma boa muda vendida em um viveiro de plantas, a árvore poderá começar a produzir frutas a partir dos 3 ou 4 anos.

E é desta forma que finalizamos nossa matéria sobre quanto tempo leva para um pé de abacate dar frutos. Esperamos que tenha gostado e, no caso de ainda restar alguma dúvida, não hesite em perguntar.

Frutas

Quanto Tempo Demora Para um Pé de Abacaxi Dar Fruto?

As folhas verde-escuras e o tamanho da planta de abacaxi (Ananas comosus) fazem dela uma adição notável a qualquer jardim e climas sem gelo. Os abacaxis crescem naturalmente em nas partes tropicais do Brasil em áreas quentes e úmidas, mas você pode plantá-lo em qualquer clima no interior de sua casa, em um vaso. Estas plantas podem demorar muito tempo a dar frutas e elas são apenas capazes de produzir alguns frutos comestíveis antes de começarem a degradar. Neste artigo vamos dizer-lhe quanto tempo demora para um pé de abacaxi dar fruto.

Frutas por planta

Antes de você descobrir quanto tempo demora para um pé de abacaxi dar fruto, vai precisar de algumas informações sobre esta planta. As plantas de abacaxi podem produzir até a um total de 3 vezes durante sua vida antes de você ter de substituir a planta, apesar de nem todas as plantas serem capazes de produzir múltiplos frutos, sendo que alguma até produzem mais que 3. Quando plantadas em vasos no interior de sua casa, elas deverão produzir entre 1 a 2 frutos em sua vida, porque nem sempre recebem as melhores condições para a produção da fruta.

Cada talo de flor produzido por uma planta tem a capacidade de frutificar. O primeiro fruto tipicamente cresce mais, com frutos menores subsequentes produzidos depois.

A planta mãe

A planta mãe ou a primeira a crescer, produz apenas uma fruta a partir do centro da coroa. As plantas de abacaxi podem ser propagadas através da coroa, apesar de também o poder fazer a partir de enxertos e de pequenos ramos adjacentes. A coroa floresce cerca de duas semanas antes de a fruta se começar a formar. Se a planta mãe não está dando fruto, você pode forçar a floração numa planta que ainda não tem um talo. Dissolva 3 pastilhas de carboneto de cálcio em um copo de água gelada e despeje sobre a coroa. Alternativamente, coloque pedaços de uma maçã à volta do centro do abacaxi. O gás etileno produzido tanto pelo carboneto de cálcio como pelas maçãs pode forçar o florescimento.

Depois da primeira fruta

A segunda e terceira frutas crescem a partir de rebentos laterais. Se tem sua planta de abacaxi no chão ou em um vaso grande, você pode deixar os rebentos laterais crescerem. Normalmente, eles são removidos em plantas que estão em vasos com menores dimensões e transplantados para novos vasos, onde se tornam numa nova planta mãe. Esta transplantação é feita devido à falta de espaço no local original. Cada rebento lateral pode dar fruto apenas uma vez e não é provável que eles gerem novos rebentos. É aconselhável que você remova todos os que apareçam, exceptuando os dois mais fortes. Demasiados rebentos em uma planta deixam-na fraca e diminuem as hipóteses dela frutificar.

Mas afinal, quanto tempo demora para um pé de abacaxi dar fruto?

Quanto Tempo Demora Para um Pé de Abacaxi Dar Fruto

O abacaxi demora cerca de 6 meses desde o florescimento até poder ser colhido.

O tempo desde a altura em que plantou varia. Abacaxis que crescem fora de casa, num clima com as condições ideias podem dar a sua fruta após 16 meses, apesar de normalmente demorarem mais tempo. Plantas no interior da casa podem demorar entre 16 e 24 meses, ou mais, antes de formarem seus primeiros frutos. A forma como a plantou também influencia o tempo que demora para a primeira fruta aparecer.

Geralmente um abacaxi florescerá assim que for grande o suficiente, então, quanto mais feliz ele estive e melhor você cuidar dele, mais cedo ele florescerá. Se você cultivar abacaxis fora de seu clima ideal (tropical), eles demoram mais.

Assim que o abacaxi florescer, você tem que esperar por mais seis meses para a fruta amadurecer. O cultivo de abacaxis é um investimento a longo prazo. A fruta está pronta para pegar quando começa a ficar amarela.

Esperemos que tenha gostado deste artigo sobre quanto tempo demora para um pé de abacaxi dar fruto. Visite também os artigos sobre como plantar abacaxi e se grávida pode comer abacaxi.

Frutas

Quanto Tempo Demora Para um Pé de Lichia Dar Frutos?

Quando olha para seu jardim, você apercebe-se das frutas vermelho-rosadas da lichia, que contrastam muito bem com as folhas perenes da árvore. Nativa ao sudeste da China, a lichia (Litchi chinensis) não tolera nenhuma geada e preferem uma localização numa parede como muito sol, protegida do vento e virada para o sul, que produz um microclima bem quente. Esta árvore que cresce lentamente produz frutos do tamanho de bolas de ping-pong, que quando descascados revelam um interior branco, doce e gelatinoso, como uma grande semente. Neste artigo vamos responder à sua questão sobre quanto tempo demora para um pé de lichia dar frutos.

Sugerimos também que leia nosso artigo sobre como plantar lichia.

Crescendo a partir das sementes

As sementes de lichia devem ser plantadas entre quatro e cinco dias após ficarem ao ar livre, para aumentar as hipóteses de germinação. A refrigeração ou qualquer atraso ao plantar reduz significamente a viabilidade da semente. As árvores de lichia crescidas a partir da semente não crescem tão rápido um pé de lichia e podem demorar entre 10 e 25 anos ou até mais para produzir frutos.

Mergulhia aérea

A maioria das árvores de lichia é reproduzida através da mergulhia aérea. Um ramo com um diâmetro entre 1,5 cm e 2 cm é descascado, removendo-se a casca e expondo-se a madeira interna. É aplicada uma camada de musgo de esfagno úmido sobre a madeira exposta e depois coberta com plástico. Em dois ou três meses, as raízes começam a tornar-se visíveis. O ramo é depois cuidadosamente removido da árvore e plantado num vaso em uma janela ou num local protegido do jardim. As árvores conseguidas através deste método poderão dar frutas em 3 a 5 anos.

Árvores enxertadas de lichia

No caso das árvores enxertadas, elas produzem frutos após 3 a 5 anos. A enxertagem é, no entanto, menos bem sucedida que a mergulhia aérea. Os enxertos de lichia requerem uma porta-enxerto de lichia e nem todas as variedades são compatíveis. A dificuldade de conseguir uma porta-enxerto apropriada desencoraja os jardineiros amadores de tentar este método para propagar as lichias.

Cortes de raiz

Apesar de a maior das lichias serem propagadas através da mergulhia aérea, algumas pessoas conseguem produzi-las com sucesso através de cortes de raiz. Os cortes são feitos na primavera e plantados numa mistura ácida. Com um constante embaciamento, para manter os níveis de umidade altos e a alimentação semanal com um fertilizante equilibrado e líquido (10-10-10), existe uma taxa de 80% de sucesso da propagação através desta forma. Os cortes, no entanto, podem levar até quatro meses ou até mais antes de começarem a desenvolver novas raízes e requerem um ambiente altamente controlado e protegido, como uma estufa, durante pelo menos 18 meses, este de as colocar ao ar livre. Semelhante à mergulhia aérea, estas mudas demoram entre 3 a 5 anos a reproduzir frutos.

Mas então, quanto tempo demora para um pé de lichia dar frutos?

Agora, respondendo à sua pergunta sobre quanto tempo demora para um pé de lichia dar frutos, apesar de depender de vários fatores, incluindo o estado do pé que comprar, ele poderá dar frutos dentro de 3 a 4 anos.

 

As frutas da lichia

quanto tempo demora para um pé de lichia dar frutos

Em poucos anos suas árvores podem ficar parecidas com as da figura.

As frutas da lichia demoram cerca de 140 dias a ficar maduras, após o aparecimento das flores e costuma estar pronta para a colheita no meio do verão. Elas crescem, normalmente, em aglomerados e devem amadurecer na árvore para um melhor sabor.

Polinização

As lichias são polonizadas por abelhas e outros insetos e a polinização é essencial para a produção de fruto. A polinização é apenas importante para a produção de fruto, portanto se você apenas deseja crescer as árvores por suas flores, você pode esquecer esta secção.

Condições de crescimento

As árvores de lichia requerem muito sol para darem flores e frutos. Elas têm elevadas necessidades de água e crescem melhor na umidade mas em solos bem molhados. As árvores de lichia podem tolerar solos arenosos e argilosos com um pH ácido a levemente alcalino. Eles são moderadamente tolerantes à seca, mas têm tolerância muito baixa para o sal, por isso não devem ser plantados em áreas com exposição costeira direta.

Esperamos ter respondido à sua questão sobre quanto tempo demora para um pé de lichia dar frutos. Pode ainda visitar o nosso artigo sobre como plantar lichia. Se ainda tiver alguma dúvida pode colocá-la no comentários e teremos todo o gosto em responder-lhe.

 

Frutas

Como Plantar Tomate – O guia completo com vídeo informativo

Hoje vamos ensinar-lhe como plantar tomate, incluindo as variedades que melhor crescem em seu clima e onde as cultivar. Também iremos dar dicas sobre a plantação, transplantação, que cuidados ter, pragas e doenças associadas, colheita e armazenamento.

Os tomates são uma das frutas mais gratificantes de produzir numa horta amadora, porque seu sabor é muito melhor que o dos tomates vendidos nas grandes superfícies. Os tomates disponíveis nesses locais são pensados e criados para que possam durar o maior período possível em boas condições, o que afeta claramente o seu sabor.

Muitos dos tomates vendidos comercialmente também são cultivados em ambientes de hidroponia, sem solo, com recurso a fertilizantes artificiais e são colhidos antes de estarem maduros. Estas práticas referidas resultam em tomates que são bonitos à vista, mas que pecam no sabor. Pesquisas recentes também revelaram que tomates orgânicos possuem uma química muito mais complexa que os produzidos comercialmente. Para além desta química se traduzir num sabor muito mais profundo, também é provável que os tomates caseiros possuam níveis mais altos do pigmento Licopeno. Este pigmento ajuda a desobstruir as artérias bloqueadas e é considerado uma das razões que tornam a dieta Mediterrânea tão saudável.

O outro grande bónus de crescer seus próprios tomates é a grande variedade de tamanhos, formatos, cores e sabores que estão disponíveis. Parecido com a batata, existe uma variedade ínfima de tipos desde pequenos ao tamanho cherry.

Sobre o tomate

Antes de aprender como plantar tomate, é importante que perceba a terminologia que poderá ouvir daqui para a frente e algumas ajudas para quando chegar a hora de escolher a variedade que pretende.

Variedades mais populares

Normal – é o tamanho mais comum e o que mais se vê à venda nos supermercados. Redondos e lisos, geralmente vermelhos ou amarelos. São tomates que servem para todos os fins.

Tomate caqui – tomate mediterrâneo grande excelente para sandes e saladas. Tenha em conta que estes tomates precisam de um período grande para amadurecer, portanto, não são aconselhados para climas mais frios.

Tomates ameixa – o tomate tradicional italiano para fazer conversas e molho de macarrão. Não é o melhor para comer fresco, mas é bom para cozinhar e congelar.

Tomate-cereja – como plantar tomate-cereja. Frutas pequenas e redondas com um excelente sabor. Pode aprender num artigo que fizemos anteriormente.

Hábitos de crescimento

Variedades indeterminadas – A planta típica ao alto que a maioria das pessoas tem na cabeça. Eles geralmente crescem junto a suporte de bambu e atilhos, consistindo em um único caule longo. Elas produzem brotações laterais que se desenvolverão em grandes ramos laterais e que precisarão de ser removidos.

Variedades determinadas – Boas para vasos, recipientes e outros locais onde o espaço seja escasso. Remover brotações laterais não é necessário. As frutas tendem a ser mais pequenas e a amadurecer mais cedo.

Variedades anãs – Muito pequenas e compactas, normalmente não passando dos 20 cm de altura. Ideias para o crescimento em vasos. Estas variedades são boas se tem um canteiro elevado com cobertura, pois elas não a passarão.

Plantio

Os tomateiros são plantas subtropicais e como tal requerem um posicionamento que receba luz durante todo o dia. Isto é especialmente importante em áreas onde a luz e o calor são escassos. Evite cantos, visto que o solo poderá ser muito seco. O tomateiro também cresce bem em canteiros elevados e aprecia as condições do solo, que deve fornecer umidade sem saturação de água.

Em áreas mais frias o cultivo do tomateiro é melhor em uma estufa ou túnel de polietileno. Em verões pobres em calor, os tomates do exterior podem não amadurecer, especialmente as variedades maiores ou até morrer.

Local e solo

como plantar tomate em solo

Perceber as necessidades de solo desta planta é muito importante para aprender como plantar tomate.

Os tomateiros requerem um solo muito fértil. Relembre-se que uma planta fértil pode ter até 2 metros de altura e produzir centenas de tomates usando relativamente pouco espaço. Prepare seus canteiros adicionando esterco, colocando um carrinho de mão de esterco a cada 4 metros quadrados.

Os tomateiros também podem ser plantados em vasos ou sacos de cultivo, mas devido ao pouco espaço para as raízes você terá de ser mais intensivo no regime alimentar. O vaso deverá suportar até 20 litros e não plante mais de 2 tomateiros por saco de cultivo. Apesar de estas condições não serem ideais, elas podem ser a única opção se você tem uma horta pequena e se não tem muito espaço. Use o melhor composto possível e coloque uma quantidade generosa de grãos de macroalgas ou de esterco de galinha quando estiver a plantar.

Fungos Micorrízicos

Os tomates respondem bem à inoculação por fungos micorrízicos que constroem uma relação simbiótica (benefícios para ambas as espécies) com a planta. Os fungos formam uma rede de hifas que transportam água e minerais para o tomateiro em troca de açúcares produzidos pelas raízes. Os fungos micorrízicos estão disponíveis como um pó para revestir mudas quando se planta.

Quando plantar o tomateiro

plantação de tomateiro

Nesta secção deste guia sobre como plantar tomate vamos dizer-lhe em que altura o deve fazer e quais as condições necessárias.

Semeie dentro de casa em fevereiro até meados de março usando um propagador aeroponico ou coloque as plantas numa janela quente virada para sul. A temperatura do composto deve ser de aproximadamente 22°C para as sementes germinarem. As plantas mais jovens também precisam de ser mantidas quentes até ao início do verão, quando a temperatura do solo já é superior a 10°C.

Os tomates podem ser semeados em bandejas sementeiras e colocados depois em vasos maiores, mas nós preferimos semear em bandejas modulares e colocar em um pote maior de 10 cm após a terceira folha se ter formado. As sementes devem ser semeadas 2 cm de profundidade em um composto de sementes com baixo teor de nutrientes e envasadas para um composto de vaso mais rico.

Precisamos de alcançar um balanço neste ponto, uma vez que as estamos a manter artificialmente quentes uma vez que os níveis de luz ainda não são suficientes. Muito calor e pouca água vai resultar em plântulas altas e fracas, portanto, precisamos de reduzir o calor ao mínimo (10°C) e colocar as plantas numa posição em que recebam muita luz. Se a planta está dentro de sua casa, na janela, você poderá precisar de usar uma luz artificial.

As plantas que crescem em vasos precisam de ser afastadas para evitar que as mesmas se toquem. As melhores plântulas de tomate são pequenas e grossas em vez de altas e finas. O composto também deve ser mantido úmido e você nunca o deve deixar secar.

Transplantação

Os tomateiros que foram primeiramente colocados em vasos deverão ser transportados para as suas posições finais quando tiverem cerca de 15 centímetros de altura, antes que as raízes se restrinjam ao vaso.

Quando os tomateiros estão a crescer por baixo de uma cobertura e você os pretende colocar no exterior, lembre-se de endurecê-los por uma semana ou duas antes de os colocar em seus locais finais. Endurecimento significa colocá-los gradualmente habituados às temperaturas do exterior em bons dias de sol e trazê-los para dentro de casa à noite. Pode deixá-los fora cada vez mais tempo até que eles possam ser deixados à noite, desde que o risco de geada já tenha passado. Isto é especialmente importante em climas em que maio e junho possam ser frios e ventosos.

Cave um buraco para cada planta com cerca de 45 cm nos canteiros. Se são tomateiros de variedades indeterminadas você vai precisar de cuidados extras. Pode fazer isto enterrando um fio sob a raiz e amarrando a outra extremidade a um suporte.

Tenha cuidado ao tirar o tomateiro do vaso, mantendo a bola de solo formada na raiz o mais intacta possível. Coloque-a no buraco feito anteriormente e coloque solo à volta da planta. O solo deve ser cerca de 5 centímetros mais alto do que no vaso. Plantar o tomateiro mais fundo do que no vaso mais encorajar a formação de raízes adicionais. Regue bem se o clima é seco.

Cuidados a ter com o tomate

Uma parte importante de como plantar tomate são os cuidados que deverá ter com a planta depois de o fazer. Se está a plantar uma variedade indeterminada, poderá precisará de retirar quaisquer brotações laterais que possam surgir. Estas brotações surgem quando um ramo de folha encontra o caule principal. Elas podem ser retiradas com as mãos quando são pequenas, mas você precisará de uma faca quando elas engrossarem. Se esta é sua primeira vez, você poderá ter mais dificuldades em encontrar esses brotos e podem mesmo ser confundidos com as estrututas que vão suportar o tomate. Se não tem a certeza espere alguns dias e corte se vir que está a começar a produzir folhas.

Se você está a plantar os tomates em uma estufa ou túnel mantenha-os bem ventilados, especialmente em dias quentes, para impedir a acumulação de pestes e doenças.

Água

Regue bebe quando está a plantar e diminua até à fruta começar a aparecer. Quando a fruta aparecer, regue com cerca de 12 litros por planta semanalmente. Deixar o solo secar entre regas melhora a sabor da fruta, mas tenha cuidado, porque condições de seca seguidas de uma irrigação intensiva podem causar num crescimento muito acelerado que pode resultar na abertura da fruta.

Alimentação

Assim que a fruta aparecer você pode usar um fertilizante de confrei líquido ou um fertilizante de algas marinhas formulado para tomates. É importante lembrar que os tomateiros possuem dois tipos de raízes, raízes profundas para transportar água para a planta e raízes superficiais responsáveis pela captação de ingredientes.

Problemas em como plantar tomate

Para aprender como plantar tomate também vai ter de perceber os problemas que podem surgir. Há poucas pestes e doenças que afetam os tomateiros de forma significativa. O insucesso das plantações é normalmente causado pelo tempo frio ou pelo excesso de umidade.

As folhas com manchas, veios roxos ou avermelhadas por baixo estão, geralmente, a atravessar uma deficiência de nutrientes causada por baixas temperaturas. As raízes não conseguem absorver os nutrientes quanto as temperaturas estão baixas. Isto também pode fazer com que os frutos apodreçam.

Rompimento da fruta – Um problema muito comum com os tomates, causada pela irrigação irregular, sendo que há variedades mais susceptíveis a este problema. Um regime de rega mais regular poderá resolver este problema.

Deficiências de cálcio e fruta podre – Por vezes os tomates são colhidas com áreas escuras e, por vezes, podres na sua base. Este problema é causado por uma falta de cálcio e também pode estar relacionado com a rega, uma vez que o consumo de cálcio é diminuído em condições de seca. Mais uma vez, uma rega mais frequente deve resolver o problema.

Deficiência de magnésio – Os sintomas são o aparecimento de folhas amareladas enquanto que as veias principais continuam verdes. As folhas mais antigas são afetadas primeiro. Pode usar um corretivo agrícola para solucionar este problema.

Pestes e doenças

Requeima na planta do tomateiro

A requeima no tomate é um dos problemas que pode surgir quando colocar em prática este guia sobre como plantar tomate.

A mosca-branca é a praga que mais afeta os tomateiros. As moscas adultas colocam ovos na parte inferior das folhas. Os ovos em crescimento alimentam-se das folhas, deixando uma secreção pegajosa que atrai outras doenças. Assim que vir os ovos, borrife água para os remover ou use suas mãos para os retirar da planta.

Requeima no tomate – Causada pelo fungo Phytophthora infestans, conhecido por causar problemas semelhantes na batata. Os sinais são marcas marrom nas folhas que podem aumentar rapidamente sua área. Se nada fizer, qualquer fruta desenvolvida ficará castanha e irá apodrecer.

Pulgões – Plantar tagetes traz vários insetos como joaninhas e moscas-das-flores que adoram comer os pulgões. Borrifar as plantas com água também funciona, apesar de só atirar o inseto para fora da planta. Quando nenhum destes métodos funciona, um spray químico será a opção que resta.

Vírus Mosaico – Existem muitas variedades do vírus mosaico que podem afetar os tomates, mas todos eles podem ser identificados por folhas que ficam amarelas. Este é um vírus muito infeccioso que pode ser transmitido por seres humanos de planta para planta.

Coleita

Faça a colheita assim que as frutas amadurecerem (a cor e o tamanho são os sinais que deve ter em conta) e para obter o melhor sabor como o mais cedo possível. Isto também encoraja a produção de maiores quantidades de fruta.

Assim que geada ameace em outubro e novembro, colha imediatamente toda a fruta e amadureça-as em uma soleira da janela. Com variedades verticais, é possível achatar suavemente as plantas e cobrir com lã hortícola para protegê-las da geada.

Armazenamento

Limpe e seque os tomates antes de os armazenar. A não ser que esteja a planear guardá-los por mais de uma semana, um balcão, uma tigela ou uma soleira da janela são bons locais. Se você sabe que não os vai usar durante vários dias, então temperaturas mais baixas irão ajudar a preservar o fruto. Guardar no frigorífico não é recomendado, uma vez que as temperaturas baixas podem reduzir o sabor.

Seus tomates recém-colhidos devem durar mais tempo no balcão da cozinha do que os comprados no supermercado, que provavelmente já foram colhidos há vários dias.

Vídeo sobre como plantar tomate

Fique agora com um vídeo informativo sobre como plantar tomate para que não hajam nenhumas dúvidas sobre este tema.

Esperamos que tenha gostado deste tutorial sobre como plantar tomate. Também temos um artigo em que pode aprender como plantar tomate cereja.

Frutas

Como Plantar Morango passo a passo + vídeo informativo

vários morangos

O melhor morango que você alguma vez vai provar vêm de uma horta, porque morangos totalmente amadurecidos têm um sabor mais rico e aromático, muito diferente do que se encontra nos supermercados. Com isso em mente, hoje vamos dar-lhe as informações que precisa para aprender como plantar morango em sua horta.

Como são dos primeiros frutos a amadurecer na primavera, os morangos são um excelente ativo nutritivo para qualquer horta. Estas pequenas mas robustas plantas prosperam quando plantadas em uma cama bem preparada ou fileiras, mas também pode plantar morango em vasos ou plantar morango em canos de pvc.

Sobre o morango

O morango é um fruto muito conhecido, rico em vitaminas A, E, C, B5 e B6, ferro, cálcio e outros minerais, mas pobre em calorias. É um fruto carnoso e suculento, com um sabor levemente ácido, mas muito bom.

Sabe-se que os morangueiros são plantas com origem nas zonas temperadas dos hemisférios Sul e Norte, pertencendo ao género Fragaria. O morango que conhecemos, de jardim, foi criado e melhorado em França na década de 1750 através de um cruzamento de Fragaria chiloensis com a Fragaria virginiana.

O seu tamanho final varia entre os 15 e os 30, sendo que os estolhos enraízam e formam novas plantas.

O ciclo de vida do morango

Para ter sucesso após aprender como plantar morango, você necessita primeiro de perceber o ciclo de vida dos mesmos. Como a maioria das plantas perenes, os morangos podem morrer no inverno e crescem de rompante quando o solo começa a aquecer na primavera. Depois de darem frutos, muitos tipos de morango produzem estolhos com as plantas-filhas nas pontas. Estes estolhos costumam fixar-se nas proximidades, mas mantêm-se ligados à planta mãe para que possam receber alimento. Estes tipos de morangos produzem mais fruto se você cortar os estolhos, deixando que cada planta produza até um máximo de 3 plantas-filhas por cada verão.

Exaustas pela produção de frutos e de descendência, os morangos, normalmente, tomam um segundo período de descanso na segunda parte do verão. Quando cuidados, sem ervas daninho e levemente regados, grande parte das plantas progenitoras e seus descendentes voltam a crescer durante um período do outono. Mesmo que pareça que nada está a acontecer no mês de setembro, as plantas estão ocupadas nos meses de outono com a evolução de brotos que vão crescer e dar as próximas flores da primavera.

Normalmente, o morango é plantado no final do verão até ao fim do outono. Isto depende do clima da região, pois em regiões mais frias deve ser plantado mais cedo e em regiões mais quentes deve ser plantado mais tarde.

Morangos em crescimento não dão muito trabalho. Em todas as áreas, os morangos podem crescer, dar uma cobertura verde que requere muito pouca manutenção e frutos deliciosos, ano após ano.

Solo, Como plantar morango e cuidados

como plantar morango passo a passo

O espaçamento entre os morangos vai depender da variedade que você escolheu e das plantas-filhas que a planta-mãe gera.

Os morangos precisam de, pelo menos, 8 horas de sol diárias e preferem solos mais ácidos, com um pH entre 5.5 e 6.8. Se os solos na zona onde pretende plantar são naturalmente alcalinos, é melhor crescer em vasos, tubos pvc ou outro tipo de contentores e enchê-los de solo de alta qualidade.

Este fruto também não gosta de solos argilosos que podem ser melhorados com um composto de folhas, serragem ou outros tipo de matéria orgânica antes de plantar morango.

Depois de misturar 10 cm ou mais de composto, use um ancinho para fazer pequenos montinhos no solo argiloso para ajudar ainda mais a drenagem. Se o solo for tipicamente arenoso, simplesmente cultive para remover as ervas daninhas e misture uma camada com cerca 2 centímetros  de altura de esterco ou adube com composto.

Muitas variedades de morango produzem muitas plantas-filhas e nestes casos é aconselha uma distância de 35 cm entre cada planta. Apesar de serem menos comuns, existem variedades que produzem poucas plantas-filhas e neste caso você pode colocar as plantas a uma distância de 15 cm. Quando comprar as sementes pode ler no folheto mais informações sobre o espaçamento exato para a variedade específica.

Outro aspeto importante na arte de como plantar morango. Verifique se a raiz dos morangos estão suficientemente bem cobertas com solo, mas que o broto ou coroa estejam expostos à luz e ao ar fresco da sua horta. Isto é muito importante, porque se você enterrar a coroa a planta pode facilmente morrer.

Regue-as bem. Qualquer tipo de manta, desde plástico preto a palha de pinheiro ou até folhas vai manter o solo úmido e as plantas limpas.

Suas plantas devem começar a florescer no início da primavera e as flores deverão ser visitadas por abelhas ou outros insetos polinizadores antes que elas possam dar frutos. No calor, os frutos do bosque amadurecem cerca de 30 dias após a fertilização das flores.

Problemas que podem surgir

lesma a comer um morango

As lesmas adoram o sabor dos seus morangos.

Você já sabe como plantar morango, mas também importante que saiba os problemas que podem surgir depois de o fazer. As lesmas costumam fazer buracos nos morangos assim que eles começam a amadurecer. Coberturas orgânicas como palha são um convite para as lesmas, portanto, se tem este problema, opte por uma cobertura plástica.

No verão, várias doenças fúngicas causam a formação de áreas pretas nas folhas. Cortar ou aparar a folhagem do morango e varrer o solo pode ser o suficiente para interromper o ciclo de algumas pragas e doenças que afetam os morangos.

A pior praga dos morangos é, de longe, os pássaros. Para impedir que o pisco ou outros comedores de fruto roubem seu trabalho, cubra os morangos com uma rede leve quando estes começarem a amadurecer.

Por vezes, a fruta pode ser pequena devido ao calor e à seca. Assim que começa a regar e o tempo começar a melhorar, a nova fruta deverá ter um tamanho normal.

Colheita e armazenamento

como plantar morangos e colher

É sempre uma boa ideia colher os frutos silvestres durante a manhã.

Depois de aprender como plantar morango e de passar para a prática, seja agora a hora da colheita. Colha os morangos de manhã, quando os frutos estão frescos e coloque-os imediatamente num refrigerador. Espere até ir comer ou cozinhar os morangos para os lavar com água fria. Os morangos que sobrarem podem ser congelados ou secados e pode até fazer geleia ou compota.

Mesmo com os melhores cuidados, os morangos são perenes de vida curta e suas plantas precisam ser substituídas a cada 3 anos.

Vídeo sobre como plantar morango

Fique agora com um pequeno vídeo informativo sobre como plantar morango passo a passo.

Frutas

Como plantar uva

Como plantar uva

Neste artigo vamos explicar tudo o que precisa saber sobre como plantar uva em vaso, sementes de uva, ou uma muda no seu quintal.

Pertencente à família botânica Vitaceae, a uva é uma fruta deliciosa e bastante consumida, além de ser muito usada na fabricação de vinhos.

Ocorre que as uvas usadas na produção da viticultora nem sempre são as mesmas cultivadas e consumidas in natura pelas pessoas.

Desta forma, quando você decidir cultivar uva em sua residência, leve em conta qual variedade e para qual finalidade ela é indicada. 

Vale ressaltar ainda que a uva possui inúmeras benesses para que as consome regularmente.

Uma das principais ações é com relação ao sistema cardiovascular.

Suas propriedades atuam de forma a proteger o coração e os vasos sanguíneos que atuam diretamente nesta região.

Além disso, propicia um melhor funcionamento do sistema circulatório, além de ter atuação anti-inflamatória e antioxidante, sendo bastante benéfica para as células do nosso organismo.

E para que você tenha em sua própria casa essa fruta, rica em sabor, energia e saúde, vamos ensinar neste artigo a como plantar uva.

Mãos à obra!


Como plantar uva: cuidados com o clima e o solo

Como plantar uva

A primeira questão a ser levada no processo de como plantar uva é refletir quanto ao local em que a videira vai ser plantada.

O ideal é que sejam em locais mediterrâneos, ainda que a uva possa se adaptar a condições climáticas das mais variadas.

Geralmente, no entanto, o cultivar se dará melhor em temperaturas que variem entre 15ºC e 30ºC. 

Mas por que a temperatura é tão importante para o sucesso da videira?

Bem, o clima influencia em vários aspectos, a saber: processo de fotossíntese, período que necessitará de maior luminosidade e produtividade e duração dos dias entre a ocorrência da floração e da colheita.

O solo a ser escolhido para o cultivo deverá ser bem leve e fértil, além de ter calcário.

Importante que o solo não seja encharcado, caso contrário, os resultados não serão satisfatórios.

A plantação deve ser irrigada de modo que mantenha o solo sempre úmido, o que vai promover uma maior produtividade e oferecer maior qualidade à fruta.

Uma preocupação importante durante o trabalho de como plantar uva é que a videira necessitará de um suporte para a sustentação dos ramos, já que se trata de uma planta trepadeira. Há dois tipos. 

No primeiro, que se chama pérgola ou latada, a videira é conduzida de forma horizontal a cerca de 2 metros de altura do solo. Esse processo garante maior produtividade, mas dá mais trabalho para fazer a manutenção.

O segundo tipo de sustentação é a da espaldeira, em que permite a condução da planta verticalmente, próxima ao solo, em uma estrutura que se assemelha a uma cerca. 


Como obter mudas para o cultivo

O próximo passo para saber como plantar uva é sobre como conseguir as mudas da planta.

Vá até uma loja especializada em plantas e procure variedades mais comuns da uva, como a Niágara e a Isabel.

Elas são mais resistentes a pragas e doenças diversas e ainda conseguem se adaptar melhor a lugares pequenos. 

É possível também plantar uva com as sementes da fruta, mas esse é um processo mais complexo e demorado. Neste caso, separe as sementes, lave-as bem e, em seguida, coloque-as em um papel toalha molhada ou mesmo areia úmida.

Leve as sementes para a geladeira e as mantenha lá de dois a três meses, garantindo que elas permaneçam úmidas.

O plantio das sementes deverá ocorrer na primavera, preferencialmente em sementeiras ou vasos.

Elas deverão ficar em locais mais quentes durante o dia, com pelo menos 20ºC. A terra precisa estar úmida e, entre 30 e 60 dias, as sementes começarão a brotar. 

Em geral, as plantações comerciais devem ser feitas com espaçamento de 2 x 2 metros e chegam a até 3 x 3 metros, dependendo sempre da casta cultivada, do sistema de condução da planta e das condições de clima, bem como do manejo.


Como plantar uva, podar e colher

Outro passo importante para entender como plantar uva e cuidá-la é o da poda.

Normalmente a chamada poda de formação é feita nos primeiros dois ou três anos após o cultivo, quando devem ficar apenas os galhos mais fortes e sadios, que vão sustentar e ajudar a estruturar o cultivar. 

Depois do período da colheita pode-se fazer novas podas, onde ficarão apenas os galhos mais novos, mantendo de duas a três gemas em cada um deles.

A chamada poda de frutificação normalmente é feita entre o final de julho e o início de setembro, quando as folhas caem. Retire os ramos fracos, que aparentem estar doentes ou em excesso.

Neste último caso, se o ramo se mostrar forte, deixe de uma a três gemas nele.

 A colheita da uva costuma começar entre 85 e 200 dias após o começo das podas e variam de acordo com a quantidade de luz e a temperatura do local onde ela está plantada.

Além da forma in natura, é possível consumir a uva em doces, sucos, geleias, além, claro, do vinho.


Mais plantios:

E então, já sabe como plantar uva da maneira correta?

Mesmo que seja através de sementes num vaso, através de um pé de uva ou no seu quintal?

Esperamos ter esclarecido todas as suas dúvidas em relação a este assunto.

Se tiver alguma dúvida não hesite em deixar um pequeno comentário neste artigo!

<< Voltar para Como Plantar

Frutas

Como Plantar Mamão

Como Plantar Mamão

Neste artigo você receberá todas as informações nutricionais que fazem valer o consumo desta fruta, além de saber como plantar mamão para tê-lo em sua casa.

Você sabia que o mamão, além de ser delicioso, é uma das frutas mais saudáveis que existem?

Consumido geralmente no café da manhã, como sobremesa ou em um lanche noturno, o mamão possui vários usos na culinária e também apresenta inúmeros benefícios para a saúde.

O mamão é uma árvore de fruteira tropical que reúne uma grande quantidade de nutrientes sem ser calórico. Cerca de 100 gramas oferecem apenas 40 calorias. E nutrientes é o que não faltam ao mamão. Ele é rico em minerais como riboflavina, ferro, cálcio, fósforo, além das vitaminas C e E.

Um dos benefícios mais conhecidos do consumo de mamão é quanto ao trato intestinal.

Rica em fibras, a fruta possui também inúmeras enzimas digestivas que auxiliam nesse processo e impedem a famigerada prisão de ventre.

Outro ponto positivo do mamão é o que ele faz para a sua pele.

Além de melhorar a sua textura, traz brilho, combate rugas e reduz as espinhas, especialmente utilizando máscara facial com elementos da fruta.

Mas ele também proporciona benefícios para os olhos, por meio da substância betacaroteno, que, aliada ao licopeno, fortalecem os agentes do organismo na luta contra o câncer.


Como plantar mamão: das sementes ao adubo

como plantar mamão

Agora que você conheceu as coisas boas que o mamão oferece para a sua saúde, aprenda como plantar mamão em sua casa, para ter um produto saudável e saboroso em sua dieta diária.

Apesar de ser nativo da África, o mamão se adaptou muito bem ao Brasil. Isso porque suas plantas não oferecem muita dificuldade durante o cultivo.

Desta forma, o ideal é que o mamão seja cultivado em climas tropicais ou subtropicais, que permitem que ele se desenvolva muito melhor. Ou seja: o ar deve ser úmido e deve haver muita luz solar direta.

Sementes

Você poderá plantar o mamão a partir de sementes adquiridas em uma loja especializada ou então aproveitar as sementes de algum mamão que você tiver comprado na feira ou no supermercado. Tanto faz.

Caso você prefira usar do fruto consumido, dê preferência às sementes maiores.

Deixe-as secando ao sol por um dia e depois as introduza em um algodão molhado, assim como é feito com o feijão e que as crianças costumam brincar na escola. As sementes deverão ficar lá dentro até que comecem a germinar.

Solo e Adubação

Algo que se deve prestar a atenção na hora de iniciar o processo de como plantar mamão é para o fato de que o mamoeiro gosta de espaço para poder crescer. Isso vale tanto para o seu jardim quanto para um vaso, que deverá ser grande para receber o cultivar adequadamente.

O mais recomendado, no entanto, é plantar a fruta em solo. Neste caso, você deverá fazer um buraco de 10 cm de profundidade. Se quiser plantar mais de um mamão, deixe uma distância de 80 cm a 1 m entre as covas.

É importante também deixar a terra maleável. Por isso, revire-a e adicione adubo, isso vai favorecer o desenvolvimento da planta.

Para o adubo você deverá utilizar húmus, estrume e outros tipos de material orgânico. Consulte um bom especialista em uma loja de sua confiança que ele dará todas as indicações, já que a variedade é grande.

Quando a terra estiver firme pode-se adicionar pó de osso ou cascas de ovos no entorno do broto. Depois do plantio, regue a planta para que ela se adapte mais facilmente.

Vale lembrar também que o solo deve ser fértil e bem drenado.


Como plantar mamão: atenção à irrigação e à poda

Durante o desenvolvimento do processo de como plantar mamão, é importante ficar atento à irrigação, pois o mamão gosta bastante de água.

Irrigação

Mantenha o mamoeiro sempre irrigado, ainda mais em locais que têm pouca chuva. Porém, é preciso que se tome cuidado para que não deixe o solo encharcado, senão as suas raízes podem se afogar e comprometer o cultivar.

Como o mamoeiro cresce em tronco único e com apenas algumas ramificações em suas folhas, não é necessário realizar a poda da árvore.

Poda

Único cuidado que deve ser tomado durante o desenvolvimento da planta é o de retirar as folhas que ficarem amarelas e secas. Atenção também às plantas daninhas que podem prejudicar o crescimento do mamoeiro.

Elas devem ser retiradas sempre que forem vistas no meio da planta.

Colheita

Dependendo do tipo de cultivar que foi plantado, a colheita deverá ocorrer mais ou menos entre quatro e seis meses após a abertura da flor, que é quando o mamão vai estar completamente maduro – se retirá-lo antes, pode ser que ele não amadureça.

Para o consumo, é recomendável que se colha a fruta que apresentarem estrias ou faixas com 50% de coloração amarelada.


Vídeo: Como plantar mamão em casa

Pode ser complicado seguir um tutorial de plantio de texto por isso decidimos apresentar pra você um vídeo de demonstração passo a passo com todas as dicas de cultivo necessárias para ter uma horta de mamão de sucesso!

E então, já sabe como plantar mamão? Se tiver alguma dúvida basta comentar neste artigo!

Aprenda a plantar também: