Navegando a categoria

Flores

Flores

Como Fazer Muda de Rosa do Deserto com Galhos – Passo a Passo com Imagens

A rosa do deserto ou Adenium Obesum é uma planta suculenta domesticada com origens em África muito bonita e bem popular no brasil. Ela se adapta muito bem ao clima quente e seco, ou a climas mais frios se for plantada no interior e necessita da polinização manual para se reproduzir. Apesar sa propagação de rosas do deserto com recurso a sementes ser relativamente fácil, a maior parte dos jardineiros optam e obtêm um maior sucesso a plantá-las a partir de mudas. Neste artigo vamos mostrar-lhe como fazer muda de rosa do deserto com galhos e tirar-lhe todas as dúvidas sobre esse assunto.

Para este guia sobre como fazer muda de rosa do deserto com galhos você irá precisar de um vaso de tamanho médio, uma planta adulta de rosa do deserto, perlite, areia, turfa e um fertilizante líquido.

Se desejar aprender como plantar suculentas pode visitar nosso artigo.

Passo a passo de como fazer muda de rosa do deserto com galhos

  1. O primeiro passo para fazer a muda será realizar um corte de um galho de uma rosa do deserto que você já tenha com uma faca bem afiada ou um canivete. Ao cortar a planta original, irá surgir uma ferida que você pode optar por deixar a seiva cicatrizar. Caso tenha medo que a planta seja invadida por fungos por esta nova abertura, você pode passar um pouco de canela em pó na ferida para a proteger no entretanto.
  2. No preparo do galho é aconselhável que você o deixe em repouso durante pelo menos 24h após o cortar da rosa do deserto original. Comece por baixo a retirar todas as folhas. No final, só deverá restar o caule. Você deve, inclusive, despontar o caule, ou seja, cortar a ponta superior do caule de modo que o seu interior fique exposto.

    como fazer muda de rosa do deserto com galhos

    O galho depois de cortado da planta original da rosa do deserto e antes de lhe ser cortada a parte superior.

  3. Depois nas 24h está na altura de plantar o galho que preparou no dia anterior. Encha um vaso médio com uma mistura de duas partes de areia, duas partes de turfa e uma parte de perlite. Coloque a extremidade inferior cortada a uma profundidade de 2 a 3 centímetros no solo e regue imediatamente. Existem várias misturas que pode usar para o solo, sendo que a que demos é apenas uma das possibilidades existentes.

    como plantar muda da rosa do deserto

    As mudas da rosa do deserto após plantadas e regadas.

  4. Após plantar, regue a rosa do deserto a cada 3 dias. O galho deve começar a ganhar raízes em 2 a 6 semanas. Aplique um fertilizante líquido a cada 2 semanas durante a época de crescimento. A Adenium Obesum deverá chegar ao seu tamanho adulto em 3 anos. Mantenha-a fora com uma boa exposição solar quando a temperatura é superior a 25 °C. Mova a planta para uma janela virada para o sul em épocas mais frias. A planta pode morrer se estiver exposta de forma prolongada a temperaturas menores que 0 °C.

Dicas para o crescimento da rosa do deserto

Antes de tudo, lembre-se que a rosa do deserto é nativa de regiões com solos pobres e arenosos, com climas quentes e ensolarados.

Não é aconselhável que você tente crescer esta planta em solos com excesso de umidade e em locais com pouca luz, como acontece no interior de muitas divisões das casas. Elas sucumbirão se forem expostas a geadas e irão prosperar em climas com temperaturas que chegam aos 32 °C ou até mais. Elas adoram a luz, portanto, se as quer no interior de sua casa, uma janela virada para sul com uma boa exposição solar será a sua melhor opção para colocar esta planta.

Se a vai colocar em seu jardim, escolha um local ensolarado, mas que tenha alguma proteção contra o sol do meio-dia, que pode queimar a folhagem da rosa do deserto.

Cuidados a ter com a rosa do deserto

Você já sabe como fazer muda de rosa do deserto com galhos, mas isso não importa se você não souber como cuidar desta planta. A causa mais comum do insucesso dos jardineiros com a rosa do deserto é a rega imprópria. Uma rega imprópria pode desacelerar o crescimento da planta e matá-la rapidamente. Estas plantas são suculentas, mas estão acostumadas a períodos chuvosos, durante os quais crescem, seguidos de períodos secos de dormência. Combine suas rotinas de irrigação com essas necessidades para obter melhores resultados.

Mantenha o solo moderadamente úmido na primavera e no verão, mas reduza consideravelmente a rega no outono e especialmente no inverno, quando a planta está dormente. Fertilize a planta com um fertilizante líquido nas alturas de crescimento, mas não no inverno.

As pragas mais comuns são os insetos-escama, cochonilhas-farinhentas e ácaros. Use bolas de algodão embebidas em álcool para enxugar essas pragas de insetos.

E é desta forma que terminamos nosso artigo sobre como fazer muda de rosa do deserto com galhos. Esperamos que tenha gostado e se ainda tiver alguma dúvida não hesite em comentar.

Flores

Como Plantar Cactos

Como plantar cactos

Neste artigo você aprenderá como plantar cactos, que vão dar mais beleza e harmonia para a sua casa.

Muitas pessoas que desejam ter plantas em sua casa, mas precisam deixá-las sem cuidado por um tempo por motivo de viagens, trabalho ou outro, acabam desistindo de incorporar este ótimo hobbie e perdem uma oportunidade única de ter um contato mais próximo com a natureza.

Mas você sabia que existem plantas que podem exigir menos cuidados e possibilitam que você as tenha em seu jardim ou dentro do seu apartamento?

Conhecendo melhor os cactos

Como plantar cactos

Por serem praticamente independentes, os cactos do reino Plantae são exemplos perfeitos para quem não tem muito tempo de ficar cuidando de planta.

Como eles possuem origem em ambientes áridos e quentes, são bem mais resistentes a condições mais duras. Por isso, necessitam de menor irrigação, fertilização e também manutenção.

Há mais de 80 gêneros e 1400 espécies nativas em todo o continente americano, sendo que muitas são usadas como plantas ornamentais e outras são aplicadas na agricultura.

A vantagem dos cactos está no fato de que a fotossíntese é feita no caule que é onde fica armazenada a água.

Outra característica singular da planta é que na superfície do caule existe uma substância cerosa que impede que a água se espalhe e escorra. Pelo contrário, a água vai direto para a terra, para ser absorvida pelas raízes.

Durante o processo evolutivo dos cactos, suas folhas se transformaram em espinhos, que não são venenosos, mas podem machucar algum incauto desatencioso que resolver tocar a planta.

Cactos são bastante usados para decorar ambientes. Sua aparência grosseira contrasta bem em ambientes modernos. É possível fazer várias combinações de espécies dentro de um mesmo vaso, compondo uma espécie de minijardim.

Pode-se também fazer jardins mais elaborados, com variações plantadas uma ao lado da outra. Isso ocorre devido à existência de inúmeros cultivares, sendo que a grande maioria possui flores e frutos.

Isso realizado em ambientes externos propiciam que pássaros apareçam na localidade, pois eles são atraídos pelos frutos e flores dos cactos.

Sim, os cactos podem florir também, com uma gama imensa de belos exemplares. Quem deseja ver flores de cactos pode procurar o fertilizante de solo Forth Cactos. Isso permite decorar vários cômodos da casa com opções distintas de cactos.

Como plantar cactos: o preparo para o cultivo 

O processo de como plantar cactos é bem simples e divertido. Você perceberá que é uma ótima forma de passar o tempo e ter uma outra atividade que te desconecte da rotina e te aproxime da natureza.

O primeiro passo nesse trabalho de como plantar cactos é escolhendo um prato ou uma tigela. Ambos devem ser rasos. Em ambientes mais úmidos, opte por vasos rasos feitos de cerâmica, pois este material é poroso e possibilitará que a água evapore mais rapidamente.

Para que o cacto se desenvolva, é preciso adquirir terra, cascalho ou areia, além de adubo com nitrogênio e fósforo. Procure casas especializadas do ramo que certamente os profissionais que lá trabalham vão te orientar a fazer a compra correta para os seus cactos se desenvolverem satisfatoriamente.

Agora é hora de escolher os cactos para plantar. Para cultivá-lo em casa, as sugestões que indicamos são:

  • Alfineteiro;
  • Figueira da Índia;
  • Rebutia.

Como plantar cactos: hora de pôr a mão na massa

Chegou o momento de pôr a mão na massa e aprender exatamente como plantar cactos. Em primeiro lugar, coloque os cactos que você comprou na terra. Use luvas para não se machucar com os espinhos. Aperte a terra no entorno dos cactos para que ele consiga permanecer em pé.

Depois, ponha uma camada de cascalho ou areia sobre a terra e ao redor dos cactos. Em seguida, repouse a planta em um lugar quente que ofereça luz solar direta de quatro a seis horas por dia. Isso porque, sem sol não há como a planta florescer. Evite locais abafados.

Outro ponto importante quanto ao trabalho de como plantar cactos é a irrigação. Apesar dele viver sob condições severas, você deverá regá-lo ao menos uma vez por mês.

Coloque água até que ela saia pela drenagem do vaso. Mas evite fazer a rega no inverno, pois este é o período em que os cactos repousam e água em demasia poderá facilitar o surgimento de bactérias e fungos.

O adubo deve ser aplicado diluído na água durante a primavera e o verão.

Como plantar cactos

Caso você perceba que o desenvolvimento está lento, faça o replantio do cultivar. Isso ocorre normalmente porque as raízes estão sem espaço para se desenvolver, ou porque o substrato está esgotado. Por isso, a necessidade de um novo plantio.

Por fim, caso você identifique a presença de alguma praga nos cactos, caso dos pulgões ou das cochonilhas, retire a planta do vaso e limpe-a com uma escova macia e sabão neutro. Você deverá remover todos os vestígios das pragas.

Depois, você deverá deixar a planta secar por cinco dias e somente após esse período deverá replantá-la em um novo vaso com outra dose de substrato.

Aprenda a plantar também:

Vídeo: Como plantar cactos em vaso

Decidimos mostrar pra você um pequeno tutorial de ajuda de como plantar cactos em vaso do início ao fim. Trata-se de uma apresentação bem simples com todos os passo a passo, assim você não terá dúvidas em nenhuma das etapas deste plantio.

Flores

Como Plantar Rosas

Como Plantar Rosas

Aprender a como plantar rosas é mais simples do que você pensa.

Ter rosas em casa dá sempre jeito, seja apenas pela sua beleza estética para o seu jardim ou até mesmo para oferecer a sua cara metade! Não existe nada melhor que receber um belo raminho de rosas plantadas em casa! 🙂

Claro que udo vai depender do processo que utilizar e do local onde pretende plantar, mas com um pouco de paciência e algumas dicas que aqui vamos dar vai conseguir cultivar rosas em sua casa sem qualquer problema.

Vamos ensinar 3 maneiras mais simples que qualquer pessoa pode colocar em pratica em casa.

  • Plantar rosas por estacas;
  • Plantar rosas em vasos a partir de uma muda;
  • Plantar roseira envasada.

Como Plantar Rosas

Tal como referido acima existem várias formas de começar-mos o nosso jardim de rosas. Vamos apresentar aqui 3 maneiras diferentes de o fazer, pode escolher o que mais se adequar a si.

Plantar rosas por estacas (em vasos)

Plantar rosas por estacas é a maneira mais comum e mais utilizada pelos Brasileiros e Portugueses. Vamos juntar dois tópicos num e ensinar a plantar rosas por estacas em vasos, visto que é a maneira mais utilizada.

O método é simples e rápido e não necessita de grandes cuidados nem preocupações.

Para começar precisa de uma estaca de rosa, pode encontrar em lojas de flores ou então numa roseira que já tenha, ou de um amigo.

Plantar rosas por estacas (em vasos)

Plantar rosas por estacas (em vasos)

O ramo deve ter entre 15 a 30cm de comprimento, não pode ter flor, e deve ter pelo menos duas gemas e pelo menos um par de folhas.

Queremos chamar a atenção que a estaca de rosa tem de ter um corte na diagonal em baixo, tal como pode ver nas fotos acima.

Após a preparação da estaca basta preparar o terreno!

Plantar rosa em vasos

Plantar rosa em vasos

O terreno deve ser composto por:

  • Terra simples;
  • Farinha de ossos (opcional);
  • Fertilizante fórmula 10 – 10 – 10 (opcional);

Após misturar bem os fertilizantes com a terra basta fazer um pequeno buraco e colocar lá a rosa com a parte que foi cortada na diagonal virada para baixo.

Agora basta cuidar dela, regar bem e esperar que ela rebente as suas lindas flores!

Aprender a como plantar rosas não é assim tão difícil, pois não? 🙂


Como plantar roseira envasada

Como plantar roseira envasada

Como plantar roseira envasada

Existe muita gente que compra rosas em vasos com o objetivo de transplantar para o seu quintal, assim a rosa tem espaço para se desenvolver e você vai conseguir criar novas rosas a partir dessa.

Plantar uma roseira envasada é basicamente fazer a muda da rosa do vaso para a um terreno para que ela se consiga desenvolver adequadamente.

O primeiro passo para ter sucesso é escolher o dia certo para o fazer! Tem de ser entre o final da primavera e o começo do verão, esta é a altura em que a rosa vai suportar melhor a mudança, e para além disso é a altura em que encontra rosas em vaso a venda nos mercados.

Após ter a sua rosa e ter um local para plantar basta:

  1. Remover as rosas do vaso, juntamente com toda a terra (se necessário não regue durante alguns dias para que a terra fique mais seca e este processo fique mais fácil);
  2. Fazer um buraco no local escolhido. Este buraco tem de ser mais profundo que a altura do vaso;
  3. Exponha as raízes da roseira removendo alguma terra do fundo;
  4. Colocar a rosa do vaso no buraco e acabar de preencher os espaços vazios com terra.

Na verdade são apenas esses 4 passos simples que precisa saber para plantar uma rosa de um vaso num terreno seu.

Logo após fazer a muda da rosa recomendamos que regue bem o terreno, isto porque a água precisa se infiltrar muito bem na terra para que a roseira consiga a absorver.

Dica: Pode fertilizar o terreno com cascas de ovo, farinha de osso e fertilizante formula 10 – 10 – 10, isso facilitará o process de desenvolvimento da roseira.

Aprenda a plantar também:


Vídeo: Como plantar roseiras de forma simples

Compreendemos que para quem nunca plantou rosas seja difícil seguir um tutorial apenas com texto e imagens. A pensar nisso mesmo vamos deixar abaixo um vídeo demonstrativo para o/a ajudar a como plantar rosas de forma fácil.

Se achar que é mais fácil para si assista logo abaixo.

Esperamos que tenha gostado deste artigo, qualquer dúvida que tenha comente abaixo, vamos responder o mais depressa possível!

<< voltar para Como Plantar

Flores

Como Plantar Suculentas

Como Plantar Suculentas

As suculentas são plantas fáceis de cultivar, mas devem ser plantas adequadamente. Quer aprender como plantar suculentas? Confira tudo nesse post.

Essas são plantas bem populares em todo o mundo e os brasileiros são simplesmente apaixonados por elas. Elas têm várias espécies tais como Agavaceae, Aizoaceae e Cactaceae.

Nativas de climas sazonalmente áridos, como montanhas ou desertos, desenvolvem hastes e folhas bem carnudas com grande capacidade de armazenar água.

Muitas pessoas têm preferido ter suculentas em casa por sua versatilidade, já que podem ser plantadas em qualquer tipo de recipiente e ficam bem tanto dentro quanto fora de casa.

Outra motivo para se ter uma dessas em casa é que elas não exigem muitos cuidados, conseguem passar mais tempo sem rega do que a maioria das plantas. São super resistentes.

Antes de passar o passo a passo sobre como plantar suculentas, gostaria de falar um pouco mais sobre as mesmas.


Principais Características das Suculentas

Principais Características das Suculentas

Suculentas

Como você já sabe, as suculentas têm a capacidade de armazenar água e por isso conseguem sobreviver bastante tempo sem rega.

Outra característica da mesma é que ela precisa de bastante sol para se desenvolver bem e crescer adequadamente.

Essas duas características te lembram de alguma coisa? Sim elas são bem parecidas com os nossos cactos.

Se você sentiu dar um nozinho na cabeça nesse momento e já não sabe diferenciar suculentas dos cactos, saiba que a diferença visual deles está nos espinhos.

Se você gosta de plantinhas e é o tipo de pessoa que não possui tempo para cuidar daquelas que demandam mais atenção, aprenda como plantar suculentas.

As mesmas existem em vários tipos e muita gente até investe em verdadeiras coleções.


Com Plantar Suculentas

Com Cultivar Suculentas

Com Cultivar Suculentas

Quanto a Luz

Bem… Lembra que falei sobre a grande quantidade de tipos de suculentas? Então, cada uma delas possui diferentes necessidades de luz.

Falando de modo geral, a maioria delas adora luz solar direta, mas algumas possuem folhas mais sensíveis e precisa de iluminação indireta.

Como você provavelmente não saberá quais gostam e quais não gostam de muita luz, a dica é sempre deixa-las em local onde recebem iluminação em uma parte do dia apenas.

Depois vá observando a reação da mesma. Caso percebas as folhinhas com aspecto de queimado, a luz deve ser indireta.

Sistema de drenagem

Elas realmente não gostam de muita água, então você precisa criar um sistema de drenagem no seu vaso.

É só cobrir o fundo com britas, isopor etc. e depois cobrir com um pouco de musgo.

Isso evitará que suas raízes frágeis apodreçam ou peguem algum tipo de fungo.

Rega

Quer saber como plantar suculentas com sucesso? Então tenha muita atenção à rega!

A máxima aqui é: Pouquíssima água! Molhe apenas uma vez por mês se não morar em locais muito secos.

O termômetro mesmo é o seu olho. Quando elas começam a murchar é porque estão precisando de um pouquinho de água.

É importante frisar que o fato das mesmas não gostarem muito de água não impede que floresçam.

Adubo

Sua adubação é relativamente fácil. Você deve oferecer-lhe um fertilizante que possui mais fósforo do que nitrogênio.

Ficou difícil para você entender? Vamos lá…

Particularmente não gosto e não vejo a necessidade de adicionar fertilizantes químicos nas plantas, então a dica é colocar um pouco de casca de ovo no substrato.

Adubo orgânico também vale muito À pena. Que tal manter uma composteira caseira?


Vasos Para Suculentas

Vasos Para Suculentas

Vasos Para Suculentas

Os vasos de barro são os melhores, mas tente-se para regar um pouco mais em épocas muito quentes e secas, já que o barro costuma sugar a água.

Os de cerâmica que já vêm impermeabilizados também são ótimas opções também pelo fato de já virem decorados.

Se você deseja plantinhas com um crescimento mais acelerado, o ideal é plantá-las em vasos de fibras de coco.

Os vasos em vidro não são bons, percebo que com o tempo as suculentas vão definhando.

Já os vasos de plástico não conferem nenhum malefício para as mesmas, apenas perdem em questão de beleza.


Como Fazer Mudas de Suculentas

Como Fazer Mudas de Suculentas

Mudas de Suculentas

Fazer mudas de suculentas é algo muito fácil. Qualquer folhinha delas já pega. Siga os passos:

  • Escolha folhas saudáveis e com bom crescimento;
  • Monte o vaso com sistema de drenagem e coloque terra adubada;
  • Coloque a folha sobre a terre, não enterre para que não apodreça.
  • Não molhe na primeira semana;
  • Deixe em local iluminado onde não pegue sol diretamente nem água de chuva;
  • Nas semanas seguintes deve-se regar de 1 a 2 vezes por semana. Regue com gotinhas para que a água não encoste na folhinha;
  • Tenha bastante paciência. Leva um tempo para brotar;

Onde Comprar Suculentas

Antes de falarmos sobre como plantar suculentas, veja onde você pode compra-las.

Muita gente prefere comprar a muda já feita ao invés de comprar, é o seu caso? Confira.

As suculentas são muito fáceis de encontrar. Vá a floriculturas, casas de jardinagem e até pela internet.

Como elas não necessitam de muitas regas podem passar alguns dias em trânsito sem o menor problema.

Aprenda a plantar também:


Como Plantar Suculentas

Como Plantar Suculentas

Como Plantar Suculentas

Enfim chegamos ao tópico sobre como plantar suculentas. A boa notícia é que a única ressalva é em relação ao sistema de drenagem.

Se for fazer mudas é só seguir as dicas anteriores e você também pode plantar por meio de sementes, mas elas podem levar em média um ano para brotar.

Tudo nelas é muito simples. Que usar as dicas sobre como plantar suculentas e deixar sua casa mais alegre?

Compartilhe esse artigo e não se esqueça de voltar aqui para me contar o resultado! 🙂

<< voltar para Como Plantar

Flores

Como Plantar Orquídeas

Quer saber como plantar orquídeas de forma descomplicada? Nesse post passarei todas as informações necessárias para que você possa cultivá-las em casa.

A beleza, incrível diversidade de flores e complexidade das orquídeas são realmente incomparáveis no universo das plantas.

Essas belezas tão exóticas compreendem a maior família de plantas com flores em terra, possuindo mais de 30 mil espécies distintas e pelo menos 200 espécies híbridas.

Geralmente são encontradas em trópicos equatoriais e na túndria ártica e sua diversidade se dá pelo fato de elas conseguirem se adaptar bem aos ambientes propostos.

Com tantas variedades da planta que conseguem se desenvolver em tantos ambientes, é relativamente fácil encontrar um tipo que se adeque às suas condições.

Saber como plantar orquídeas não é tudo, também é necessário entender sobre a arquitetura e limites de cada espécie.

Como contamos com muitas versões, o ideal é que você busque cultivar aquelas que melhor se desenvolvem no seu clima e depois colha todas as informações sobre a mesma.

A maioria das orquídeas cultiváveis é originária dos trópicos e em seu habitat natural elas permanecem ligadas em cascas de árvores ou superfícies de outras plantas.

Suas raízes mais grossas são especialmente adaptadas para absorver os nutrientes e a umidade d que precisam.

A primeira coisa que você deve observar na hora de plantar uma dessas plantas é que as mesmas estão acostumadas a ficarem no ar e por isso necessitam de bastante ventilação e luz.


Como Plantar Orquídeas – Melhores Espécies

Melhores Espécies De Orquídeas Para Cultivar

Diferentes Espécies De Orquídeas

Elas são difíceis de cultivar? Muitas delas são. Na verdade, alguns tipos são quase impossíveis, elas geralmente morrem ou não se desenvolvem bem e nem dão flores.

No entanto, temos muitas variedades híbridas que podem viver perfeitamente em uma janela ensolarada.

Uma das melhores dicas sobre como plantar orquídeas é optar por aquelas que são menos exigentes.

Outra dica é comprar mudas já mais velhas, pois as mais jovens são mais difíceis de cuidar.

Se puder adquirir uma que esteja florescendo, melhor ainda, pois há saberá que vai lhe agradar.

Veja agora algumas espécies que podem se adaptar à sua região com mais facilidade:

A laelia purpurata e a aspasia são espécies boas para quem mora em locais mais frios.

Quando são bem cuidadas podem flores mais de uma vez no ano. Ambas se comportam muito bem em vasos menores e precisam ser adubadas a cada 2 meses.

A aspasia também se dá bem na região sudoeste, mas precisa é necessário manter o solo mais úmido em dias muito quentes.

Outra opção para essa região é a cibídium que costuma florescer no inverno.

Se você vive na região norte a cocheleantes é a ideal. A mesma possui flores perfumadas, porte médio e gostam de locais mais sombrosos e solo bem úmido.

Para a região nordeste indico a linda cattleya labiata. Suas flores amarelas são lindíssimas.

Preferem vasos mais fundos para que o solo seja bem drenado e precisam ser irrigadas sempre que o solo secar.

Por último separei a encíclica para a região centro-oeste. Ela suporte bem climas mais quentes e invernos secos.


Como Plantar Orquídeas Em Casa

Como Cultivar Orquídeas Em Casa

Orquídeas Em Casa

Como falei anteriormente, contamos atualmente com mais de 30.000 espécies catalogadas e por isso seria impossível dar instruções sobre como plantar orquídeas e como cuidar de cada uma delas.

Entretanto, posso fornecer informações gerais sobre irrigação, ambiente e luz de modo geral.

Luz: Para plantas com poucas folhas com folhas mais grossas opte por mantê-la em locais muito iluminados. Folhagens leves são mais sensíveis aos raios solares.

Aquelas com pseudobulbos precisam ser regadas com mais moderação e precisam ficar em cascas ou pedras.

Caso não tenha esses “bulbos” ela, provavelmente, precisa ser plantada em musgo e receber mais regas.

De modo geral as orquídeas gostam de muita luz e precisam receber de 12 a 14 horas por dia.

Umidade: Mesmo os tipos que se adaptam melhor a locais mais úmidos não deve ser regadas com exagero, isso pode apodrecer suas raízes.

Fertilizante: Quanto aos fertilizantes, eles devem ser utilizados, já que os meios caseiros não oferecem naturalmente os nutrientes que elas precisam.

Os melhores produtos são aqueles em forma líquida e só devem ser utilizados em plantas com crescimento ativo.

Uma boa dica para oferecer-lhes micronutrientes são extratos de algas marinhas e emulsão de peixe.

Aprenda a plantar mais estas:


Como Plantar Orquídeas

Como Plantar Orquídeas

Plantação de Orquídeas

As orquídeas podem ser do tipo terrestres, que podem ser plantas em solo e do tipo aéreas.

No caso das aéreas, elas devem permanecer troncos de árvores e as terrestres podem ser cultivadas em jardins e em vasos.

Elas ficam melhores em vasos com maior profundidade e os de plástico são ideais, pois facilitam na hora da troca de terra ou transferência.

Veja um passo a passo simples de como plantar orquídeas:

  • Lave as raízes da orquídea. Faça com muito cuidado para não danificá-las e separe apenas as raízes saudáveis.
  • Insira material para drenagem. Você pode utilizar isopor, pedras (britas) ou argila expandida.
  • Acrescente o substrato de preferência já umedecido. Deixe espaço para colocar a planta.
  • Acomode bem a orquídea em um canto do vaso e coloque mais um pouco de substrato para deixa-la firme.
  • Coloque um pouco de adubo orgânico ou de sua preferência e um cantinho do vaso.

Substratos Para Orquídeas

Uma etapa essencial para que está aprendendo como plantar orquídeas é o uso dos substratos. Confira alguns tipos:

  • Fibra e chips de casca de coco
  • Musgo esfagno
  • Casca de pinus
  • Carvão vegetal
  • Troncos ou cascas de madeiras
  • Cascas de macadâmia
  • Pedras de brita e rochas em geral
  • Poliestireno expandido ou isopor
  • Casca de arroz carbonizada

Ainda tem alguma dúvida sobre como plantar orquídeas? Deixe sua pergunta nos comentários.

<< voltar para Como Plantar

Especiarias Flores

Como Plantar Camomila

Como Plantar Camomila

Conhecida como um suavizante de pele e aclaradora natural de cabelos, a Camomila é uma planta com diversas utilidades e por sua vez muito famosa, já que era usada para tratar uma doença semelhante à Malária no povo Egípcio. Mostramos-lhe agora como plantar camomila e deixar a sua horta mais relax!

< Época: Primavera.

Clima: A Camomila cresce melhor em temperaturas amenas rondando os 20ºc.

Luminosidade: Requer luz solar directa mas tolera crescer com sombra parcial em ambientes mais quentes.

Solo: É uma planta que necessita de um solo leve, rico em matéria orgânica e bem drenado.

PH do solo: Entre 6 e 6,8 é o ideal, mas pode desenvolver em outros solos desde que estes não sejam muito ácidos.

Rega: A Camomila é uma planta que precisa de humidade mas não pode encharcar.

Colheita: Geralmente pode colher aproximadamente 3 ou 4 meses depois. Colha as flores sem as astes e deixe-as a secar ao sol durante uns dias, de seguida pode armazenar.

Outras Sugestões de Como Plantar Camomila

Outras sugestões: Plantas com as flores a escurecer e com as suas pétalas brancas voltadas para baixo terão menos aroma e sabor.

IMPORTANTE: Retire sempre todas as ervas daninhas para que estas não impeçam o crescimento das suas plantas pois as mesmas sugam todos os nutrientes impedindo assim o desenvolvimento da mesma!

Vídeo de Como plantar Camomila em Vaso